O Menino Órfão que Foi para Lagos: Page 6 of 6

Printer-friendly versionPrinter-friendly versionSend by emailSend by email

que nada disso teria sido possível se não fosse por sua gentileza.
"Não, não," respondeu o Sr. Balogun, "isso tudo é seu; e não tenho dúvidas de que fará bom uso."
Então, Ejila pediu à sua patroa e à Senhorita Sade para aceitarem uma parte de sua riqueza; mas elas não aceitaram.
“Fique com tudo, estamos muito felizes com o seu sucesso.” disseram a ele. Mas Ejila era bondoso demais para ficar com tudo para ele; então, deu um pouco para o capitão e ao resto dos empregados do Sr. Balogun; até mesmo à cozinheira mal-humorada.
E foi assim que Ejila se tornou um homem rico. Mas ele não se esqueceu de sua origem humilde. Ele reuniu tantos órfãos quanto conseguiu encontrar, construiu uma casa e cuidou deles e os mandou para a escola.

- Criada por Rotimi Ogunjobi a partir da história Dick Whittington e Seu Gato

Language:

Download ANDROID app: 
Download AUDIO: 

File types:

Facebook Comments Box

Public Domain Mark 1.0
This @dc:type-name, @dc:title, by @cc:attributionName, is free of known copyright restrictions.

Tell Us A Story !

Files must be less than 8 MB.
Allowed file types: mp3 wav wma.
Leave blank to use trimmed value of full text as the summary.
Description of story
Type your name here
Type Your Email Here
Upload a replacement picture for your story
Files must be less than 64 MB.
Allowed file types: png gif jpg jpeg.
CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.

Vertical Tabs